Nunca é tarde para mudar o seu rumo

  • 24/04/2015
  • Destaques
  • 0 Comments

 

Feliz com a faculdade escolhida ou cheio de dúvidas? Dicas de coaching ajudam a avaliar se é hora de trocar de curso

 

O roteiro da decisão sobre “o que ser quando crescer” é parecido para muitos jovens. O ingresso no Ensino Médio geralmente vem acompanhado da pressão sobre a escolha da carreira. Em seguida, tem início o preparo intensivo para alcançar bons resultados no Enem, garantindo a tão sonhada vaga na universidade. Mas se engana quem pensa que não surgem conflitos no meio do caminho entre o estudo e o emprego dos sonhos. Muitas vezes, esses planos passam por ajustes e, não é raro, no meio do curso universitário, o aluno se perguntar: eu fiz a escolha certa?

Para a coach Mariana Lorenzetti, o ideal seria não ter pressa na hora de escolher a profissão, o que nem sempre é possível. Porém, o mais importante é não ter medo de voltar atrás, caso conclua que a insatisfação não é passageira. “O tempo e a energia gastos seguindo na direção errada podem custar mais do que fazer uma parada estratégica para seguir o rumo certo. A maioria das pessoas tem pressa, não permite espaços ociosos na vida e acaba vivendo um sucesso ilusório, avançando cada vez mais em direção a algo que não traz satisfação”, afirma.

 

Para ajudar os universitários na missão de descobrir se há necessidade de algum ajuste no rumo a seguir, Mariana preparou com exclusividade para o Bayer Jovens cinco dicas para o estudante avaliar se é hora de repensar a carreira escolhida.

 

1 – Ensaio Mental: imaginar-se atuando na área e perceber os sentimentos em relação ao trabalho em si, independentemente dos rendimentos ou da notoriedade que ele promete;

2 – Meditação: conectar-se com a alma, fazendo meditações diariamente, a fim de acessar o local onde temos todas as respostas, o chamado “eu interior”;

3 – Lista de Talentos: fazer uma lista de talentos, considerando todas as suas habilidades e, em seguida, selecionar aquelas que são coerentes com a área escolhida;

4 – Lista de Paixões: preparar uma lista de paixões, identificando tudo que o energiza, traz alegria e satisfação, e então identificar quais têm relação com a área escolhida;

5 – Lista de Profissões: identificar possíveis profissões a partir do cruzamento da lista de talentos com a lista de paixões e analisar quais poderiam se encaixar na área em questão.

 

Clique aqui e conheça o Segredo do Sucesso Pessoal

 

Mariana destaca que muitas pessoas acabam descobrindo que o emprego ideal não depende de um curso superior. “Tenho clientes que após as sessões de coaching acabaram investindo em carreiras diversas, como personal stylist e até de confeiteira. Mas quase todos cursaram ao menos parte de um curso superior para depois se permitir fazer o que realmente amam. O importante é ter em mente que as possibilidades de realização são infinitas”, finaliza.

  • Youtube
0 Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *